Circo formado apenas por mulheres propõe a reflexão sobre a condição humana através do riso

No último 1 de setembro, às 16h, o Circo di Só Ladies apresentou o seu mais novo espetáculo chamado “Choque Rosa ou Com que Armas Lutamos?” no Teatro Santos Dumont, em São Caetano. De forma lúdica e encantadora, o público de todas as idades foi convidado a refletir sobre questões de gênero e o espaço da mulher na sociedade, através de um encontro com a arte da mulher palhaça, segundo as produtoras da peça.

“Choque-Rosa…” é um espetáculo de “palhaçaria feminina” em que mulheres palhaças e feministas misturam técnicas circenses com a linguagem cômica, para refletir e alertar para igualdade de gênero, valorizando o protagonismo, o poder da mulher e a força de mulheres do passado que fizeram história, conforme afirmam suas atrizes.

A criação do espetáculo partiu da pesquisa do grupo sobre a história de mulheres brasileiras e o impacto de seus feitos na sociedade, lidando com a violência gerada pelo machismo e o patriarcado. “Elas, as que vieram antes, guiaram nossas escolhas e guiarão as palhaças em suas descobertas” – explicam as integrantes do grupo Kelly Lima, Lilyan Teles, Tatá Oliveira e Verônica Mello. Através do riso, o enredo da peça inspira reflexões importantes sobre a potência da mulher, dialogando e envolvendo o público de todas as idades, divertindo crianças, jovens e adultos.

Idealizado por Lilyan Teles e Tatá Oliveira, o Circo di Só Ladies surgiu em 2013 a partir das inquietações em relação a desigualdade de gênero e da percepção de que havia ainda um pequeno espaço dado à mulher tratando-se de comicidade e linguagem do palhaço. Em 2016, após dois anos de apresentações e intervenções, juntam-se a elas as artistas Kelly Lima e Verônica Mello, ampliando o repertório do grupo.

Choque-Rosa ou com que armas lutamos?

Sinopse: Augustina, Greice, Úrsula e Xamanga encaram mais um dia de mesmice dentro de casa: limpar, passar, cozinhar e… Peraí? Cadê a Maria?! Com o sumiço da amiga Maria, as quatro palhaças são obrigadas a se aventurar no tão temido FORA, um lugar que não foi feito para elas, onde mulher nenhuma pode se aventurar. Será?

Duração: 50 minutos

Classificação: Livre

Mais informações em: www.facebook.com/circodisoladies

Deixe uma resposta