/Técnicos da Adeal fazem cadastro de avícolas em Alagoas

Técnicos da Adeal fazem cadastro de avícolas em Alagoas

Técnicos das 15 Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal estão cadastrando no Sistema de Defesa Agropecuária (Sidagro) os estabelecimentos avícolas comerciais e de subsistências em Alagoas.

Os estabelecimentos com mais de mil aves, consoante a Instruções Normativas (IN) nº 56/2007 e nº 18/2017, estão obrigados a se registrarem no órgão de defesa do Estado, de acordo com a Adeal.

Estão excluídas da obrigatoriedade apenas as granjas que possuem um plantel inferior a mil, desde que as aves, produtos e subprodutos sejam destinados a comércios locais, intramunicipais e municípios adjacentes.

Com isso, o Ministério da Agricultura vedará aos incubatórios o fornecimento de pintinho de um dia para o alojamento em granjas que não estiverem registradas na Adeal.

Plantel

O Estado de Alagoas conta com um plantel estimado de 1,7 milhão de aves. Ainda de acordo com o órgão de defesa, existem no Estado 3.369 avícolas, instalados em 84 municípios.

O levantamento técnico aponta que Alagoas conta com três granjas de postura – todas em processo de registro na Adeal conforme as Instruções Normativas nº 56/2007 e nº 18/2017 – e localizadas nos municípios de Arapiraca, Viçosa e Palmeira dos Índios.

Os demais estabelecimentos correspondem a 3.365 granjas de corte, estando 100 deles também em processo de registro. A Agência de Defesa informou ainda que a cadeia produtiva do frango é abastecida com a compra de aves vindas de outros Estados, havendo a predominância neste processo da aquisição de pintos de um dia para engorda.

Agência Alagoas