/Presidente da Câmara Municipal, Jário Barros destaca importância da criação de um Núcleo do CVV em Arapiraca

Presidente da Câmara Municipal, Jário Barros destaca importância da criação de um Núcleo do CVV em Arapiraca

O presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, Jário Barros, durante a sessão da última terça-feira (13), chamou a atenção para o grande número de casos de pessoas com a doença do século, chamada Depressão.

Alertando que o assunto deve ser discutido com especialistas , Jário Barros, lembrou que neste final de semana, como durante todo o mês de agosto, Arapiraca, será palco de palestra, quando a Câmara Municipal de Arapiraca, recebe integrantes do Centro de Valorização da Vida (CVV), onde pretende, também instalar em Arapiraca, um Núcleo para ajudar as pessoas que sofrem de depressão.
De acordo Jario Barros, a parceria entre a Câmara Municipal de Arapiraca e o CVV através do Núcleo de Valorização à Vida de Arapiraca (NAVIAR), que será de suma importância para toda a sociedade e demandará ações e atividades da Vida e Prevenção do Suicídio.

Ela parabeniza a ideia de implantar um Posto CVV em Arapiraca, que nasceu a partir do reconhecimento de que há uma epidemia silenciosa, o suicídio , onde Alagoas, apresenta uma média de 4,8 suicídios por 100 mil habitantes entre os municípos alagoanos, Arapiraca se destaca pela maior incidência, até mesmo considerando as taxas de Maceió.

O Centro de Valorização da Vida (CVV) vai realizar processo de seleção para novos voluntários atuarem nos serviços prestados.
Segundo a presidente da instituição Débora Luana Silva Santos, o CVV oferece apoio emocional e de prevenção ao suicídio para aquelas pessoas que realmente querem e precisam conversar. A
“Às vezes estão em um momento de tristeza, pessoas que sofrem depressão, de angústia e precisam de alguém para conversar, para acolher sem julgamentos”, disse ela.

O Processo Seletivo de Voluntários (PSV), de acordo com a presidente da entidade, vaiacontecer em Arapiraca, no próximo dia 17, tendo como local, a Câmara Municipal.

Para ser voluntário, o candidato só precisa ser maior de 18 anos, ter disponibilidade de, no mínimo, 4 horas semanais para fazer os plantões e gostar de ajudar pessoas”, completou.

Débora salientou que todos os atendimentos são sigilosos e acontecem todos os dias. “Lembrando que é sigiloso, então todos podem entrar em contato pelo número 188 que sempre terá um voluntário disponível para atender. O serviço funciona 24 horas todos os dias”, disse.
Maiores informações podem ser acessadas pelo site cvv.org.br onde também está disponibilizado o espaço para a inscrição.
Segundo a presidente do Núcleo de Apoio à Vida de Maceió (NAVIMA), Delza Leite Góes Gitai, a entidade está solicitando uma Audiência Pública, em que se debata a questão do suicídio em Arapiraca e a aprovação de um projeto de Lei, determinando o dia 10 de setembro, como o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

Assessoria