/PMAL homenageia mães da corporação com exibição do filme ‘Minha Vida em Marte’

PMAL homenageia mães da corporação com exibição do filme ‘Minha Vida em Marte’

Na manhã de ontem, sexta-feira (10), as cadeiras da sala de Cinemas Lumière, no Shopping Farol, foram tomadas por um público muito especial: as policiais femininas que se dividem entre a missão na Corporação e a da maternidade. Elas participaram de uma manhã de sorrisos e homenagens promovida pela Polícia Militar do Estado de Alagoas (PMAL).

Logo na abertura, as homenageadas acompanharam um vídeo dedicado a elas. Com direito a uma sequência de fotos mostrando as mães fardadas acompanhadas de seus filhos e filhas e uma fala do comandante-geral. “Hoje faço uma menção especial a você mãe policial militar pois, além de cuidarem de seus filhos com esse amor supremo, zelam pela segurança das famílias alagoanas. Nossa gratidão a todas e um Feliz Dia das Mães”, parabenizou o coronel Marcos Sampaio.

O filme exibido foi a comédia nacional “Minha Vida em Marte”, que tem os atores Paulo Gustavo e Mônica Martelli como protagonistas. Mas antes que o filme começasse, uma surpresa: a própria Mônica apareceu na tela e deixou um recado para as mulheres a quem chamou de mães e guerreiras, policiais de Alagoas.

“Estou muito feliz porque vocês vieram assistir Minha Vida em Marte e mais feliz em poder proporcionar esta alegria para cada uma de vocês, mamães como eu”, declarou a atriz que é também criadora da história que inspirou o roteiro.

A programação contou ainda com sorteio de brindes e entrega de certificados em agradecimento aos parceiros do evento, feita pelo major Sérgio Galvão, chefe da Assessoria de Comunicação da PM. Já a soldado Lucirlene Frias, pertencente à 1ª CPM/I, foi a campeã da campanha lançada nas redes sociais da PM, e sua foto com seu filho Miguel obteve o maior número de curtidas no Instagram @pmal.oficial.

“Ser mãe é uma das tarefas mais difíceis que exerço, contudo, é a melhor oportunidade que Deus me deu para tentar ser alguém melhor”. A fala é da policial militar e mãe, soldado Micheliny Tenório. Ela, que está lotada no Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc), foi uma das militares que participaram do evento.

“Esta iniciativa do Comando Geral, em nos homenagear com uma sessão de cinema, foi propícia para refletirmos sobre nossos posicionamentos como mãe, profissional e mulher”, completou a soldado.

Já a soldado Amarillys Santos, do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), destaca sua dupla jornada em estar ali no árduo trabalho policial e em casa, na serenidade de ser mãe e educadora do pequeno Victor Santos, de três anos de idade. Ela também parabenizou a iniciativa inédita da sessão especial para as policiais, que puderam sair um pouco da rotina operacional e administrativa e reencontraram suas companheiras de curso e labuta.

“Esse é o quinto ano consecutivo que participo dos eventos das mães milicianas e, mais uma vez, a PM nos faz sentirmos especiais. A manhã de hoje foi maravilhosa e exclusiva. Nos divertimos muito, demos gargalhadas, nos emocionamos e refletimos sobre nosso papel de mulher e mãe”, disse a militar.

Ela conclui dizendo que o sacrifício da dupla jornada de mãe e policial, que se arrisca pela proteção da sociedade alagoana, é recompensador e ainda aconselha as futuras mamães policiais: “Tentem se desdobrar como todas as mulheres. Sejam as melhores mães e as melhores policiais que possam ser. Até porque, um dia, os filhos irão se orgulhar de vocês e de suas carreiras”. 

Assessoria