/Pastor Théo Barros faz apresentação no FIG ao lado do pastor e cantor Lázaro

Pastor Théo Barros faz apresentação no FIG ao lado do pastor e cantor Lázaro

“Foi uma bênção. Deus foi louvado nas apresentações dos representantes do segmento   gospel”. A afirmação foi feita pela estudante de medicina Daniela L. Neto, que assistiu as apresentações do cantor gospel Théo Barros, durante a 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG).

O evento foi realizado entre os dias 18 e 27 de julho, com a organização da Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). Segundo a Secult-PE, cerca de 600 mil pessoas visitam Garanhuns, desde o dia 18 de julho, quando começou o Festival de Inverno começou.

Foram mais de 500 atrações em 21 polos de todas as linguagens artísticas, durante dez dias. A grade teve nomes como Alcione, Elba Ramalho, Lenine, João Bosco, Roberta Miranda, Fafá de Belém, Eddie, Tony Garrido, Zélia Duncan, Céu, Otto, Jards Macalé e Ave Sangria. 

O espetáculo O som e a sílaba, escrito pelo ator Miguel Falabella, abriu o festival. A peça foi  encenada no dia 18 de julho às 19h, no Teatro Luiz Souto, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti.

“Neste ano privilegiamos a escolha das atrações e propostas artísticas por meio de edital. Ampliamos de 20% para 90% o número de selecionados a partir de convocatória pública”, disse o Izaias Regis, prefeito de Garanhuns. 

No segmento gospel, nomes como o Pastor e cantor Lázaro e Alice Maciel e Banda, foram atrações especiais no FIG 2019.

Redação