/Pastor Théo Barros continua tirando jovens das drogas através do Projeto Pescadores de Almas

Pastor Théo Barros continua tirando jovens das drogas através do Projeto Pescadores de Almas

“Amai-vos uns aos outros, assim como Eu vos tenho amado”. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos”, João 13:34:35.

Com esses ensinamentos de Jesus Cristo, que o  jovem de Garanhuns, Pernambuco, José Themístocles da Silva Barros, conhecido como Pr. Théo Barros, vem levando a sua mensagem há mais de seis anos como evangélico e realizando um trabalho social que tem chamado a atenção de toda a sociedade da cidade.

Semanalmente, o Pastor Théo Barros, na companhia de alguns pastores da cidade de Garanhuns, onde ele congrega, realiza por dezenas de bairros, uma ação social através do Projeto Pescadores de Almas, com a distribuição de sopa pela madrugada com pessoas em estado de vulnerabilidade social e que estão perambulando pelas ruas sem nenhuma perspectiva de vida.

“Durante a entrega do sopão, eu aproveito para fazer uma abordagem cristã, levando uma mensagem de fé e esperança para eles, mostrando alguns caminhos que eles devem seguir, sem no entanto, forçar a barra”, ressaltou o Pastor Théo Barros.

Ainda de acordo com ele, que está pensando em se inscrever a uma das vagas de Conselheiro Tutelar da cidade, vai continuar lutando dentro do Projeto Pescadores de Almas, para tirar dos caminhos das drogas, jovens que já não tinham nenhuma perspectiva de vida e estavam entregues a própria sorte, através da evangelização com a palavra de Deus.

O Pastor Théo Barros, disse ainda, que esta foi outra maneira que encontrou para continuar ajudando ainda mais as pessoas que vivem à margem da sociedade.

Ele lembra, que tudo começou, quando presenciou uma criança perambulando pelas ruas da cidade, a uma hora da manhã, porque o padrasto era violento com ele e tinha medo de sofrer mais agressões físicas.

Ainda de acordo com o pastor Théo Barros, ele tem presenciado também, crianças e jovens se drogando, sem nenhum acompanhamento das autoridades que possa evitar que isso acontecesse.

“Depois de vários evangelismos com essas pessoas, resolvi abraçar esta causa,abrindo mão de muitas coisas e concorrendo a este cargo, com o objetivo, de contribuir com a qualidade de vida dessas pessoas, que em primeiro lugar, são filhos de Deus e merecem ser felizes”, desabafou o pastor Théo Barros.

Redação