/Mais de 300 famílias já deixaram áreas de risco no Pinheiro, diz Defesa Civil de Maceió

Mais de 300 famílias já deixaram áreas de risco no Pinheiro, diz Defesa Civil de Maceió

Famílias com medo das rachaduras têm se mudado com cada vez mais frequência

Com medo do que pode acontecer com o aumento do número de rachaduras e buracos no bairro do Pinheiro, em Maceió, cada vez mais famílias estão deixando suas casas.

Segundo a Defesa Civil Municipal, até sábado (1º), 317 imóveis localizados em áreas críticas já haviam sido evacuados. Mas como também há famílias deixando casas que não estão em áreas de risco, o movimento de caminhões de frete na região tem sido cada vez mais frequente.

As mudanças têm ocorrido principalmente durante os finais de semana. A economista Márcia Dias morava de aluguel em uma casa que não fica em uma área de risco, mas resolveu sair mesmo assim.
“A gente tem que se prevenir. Se a casa na esquina está na área de risco, como que aqui não vai estar também. A casa é alugada, estamos pagando multa, por não estarmos na área de risco”, diz Márcia.

Fretistas ouvidos pela reportagem disseram que não param de receber telefonemas de moradores do bairro, com pressa para saírem logo de casa.Em uma das avenidas, os moradores dizem que apenas 3 casas continuam ocupadas. E com tanta gente saindo ao mesmo tempo, surgiu um novo problema: encontrar um lugar para alugar tem se tornado cada vez mais difícil.

“Tá muito difícil encontrada casa. Imagina um bairro inteiro se mudando. As casas estão ficando cada vez mais escassas. Só tem eu morando aqui no prédio agora, mas na segunda-feira, no máximo, estou mudando”, afirma o pastor Jadson Souza.

A aposentada Vera Lúcia Albuquerque de Gusmão também é a única moradora de um dos prédios do bairro, que fica na área vermelha. Ela conta que está triste por ter que deixar sua residência.

“Estou me mudando, mas estou muito triste, muito nervosa. Não durmo, tomo remédio. Tenho medo de dormir e não acordar. Todos os dias são duas, três, quatro famílias saindo. É doloroso”, lamenta Vera Lúcia.

Em nota, a Defesa Civil de Maceió informa que veículos a serviço da Prefeitura estão disponíveis para realizar a mudança de acordo com a solicitação do proprietário. A orientação é para que o cidadão acione o órgão por meio dos números 0800 030 6205 ou 3315-1437. 

 
Já é Notícia