/Funcionários da Eletrobras paralisam atividades a partir desta segunda-feira

Funcionários da Eletrobras paralisam atividades a partir desta segunda-feira

Funcionários da Eletrobras Distribuição Alagoas e da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) entrarão em greve por 72 horas, a partir da próxima segunda-feira (11), contra o processo de privatização da Eletrobras e por melhorias salariais. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Alagoas, os serviços essenciais à população serão mantidos.

Em entrevista à Gazetaweb, Eduardo Silva, que é membro da diretoria executiva do sindicato, afirmou que apenas os setores comercial e de atendimento ao consumidor – com exceção do atendimento emergencial – vão aderir à paralisação; isto porque, segundo ele, o objetivo do ato é “pressionar o poder público e chamar a atenção da população, mas sem prejudicá-la”.

 A paralisação do setor elétrico acontece a nível nacional, gerenciada pelas centrais sindicais, e é articulada em cada estado a partir de suas necessidades específicas. As medidas para o estado de Alagoas foram definidas em assembleia no último dia 22 de maio.

Uma nova reunião com os funcionários grevistas está marcada também para esta segunda (11), durante a manhã, no prédio sede da Eletrobras, na Gruta de Lourdes. A organização do ato garante que cerca de 500 trabalhadores de todo o estado deverão comparecer à reunião que visa apresentar os informes da paralisação nacional e decidir pela continuação ou não da greve.

“Já há um encaminhamento dos coletivos nacionais de que a greve pode se estender por tempo indeterminado. Esta primeira paralisação tem como objetivo chamar a atenção do governo federal para as nossas reivindicações, mas, caso seja acatado pela categoria, uma nova paralisação será deflagrada a partir do dia 25, esta, sim, sem data para terminar”, afirmou Eduardo Silva.

Gazetaweb