/Bosque das Arapiracas vira palco da campanha Agosto Dourado neste domingo (11)

Bosque das Arapiracas vira palco da campanha Agosto Dourado neste domingo (11)

Neste domingo (11), o Bosque das Arapiracas, que já é palco para diversos eventos realizados pela Prefeitura de Arapiraca, também será utilizado para a divulgação da Campanha Agosto Dourado, que promove incentivo e apoio ao aleitamento materno.

A programação, que é elaborada através da Secretaria Municipal de Saúde, será aberta a partir das 16h, em conjunto com o projeto Vem pro Bosque, da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Juventude, que para esta edição elaborou ações especiais em homenagem ao Dia dos pais.

Lousanny Caires, coordenadora de Saúde da Criança, explica que o evento encerra as atividades da Semana Mundial do Aleitamento Materno, o chamado Dia D da Campanha Agosto Dourado e ainda abre espaço para a realização de mais uma edição do “Mamaço Agreste Alagoano”.

“O evento também valoriza e se une às atividades da 4ª Edição do Mamaço Agreste Alagoano, do Grupo Aconchego de Mães do Agreste Alagoano, grupo de apoio, promoção e proteção ao aleitamento materno. E com a proposta de envolver os pais e toda família no incentivo ao aleitamento materno e dar uma maior visibilidade à campanha, realizamos a ação no bosque”, destacou a coordenadora.

Programação

A partir das 16h, abertura com apresentação da Campanha Agosto Dourado. Na sequência: oficinas pilates kids; benefícios do sling para os bebês; avaliação e orientação nutricional; mamaço; exposição de feira de mães empreendedoras.

O evento conta com as parcerias da Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde; Grupo Aconchego de Mães do Agreste Alagoano e Unimed Metropolitana do Agreste.

Campanha Agosto Dourado

Este ano, com o tema “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação: hoje e para o futuro”, o objetivo é chamar a atenção e conscientizar pais e familiares sobre seu papel no apoio à prática do aleitamento materno, criando um ambiente que permita a mãe manter a amamentação como fonte exclusiva de nutrição nos primeiros seis meses de vida e como fonte complementar até os dois anos de idade.

Assessoria