Projeto Cultura na Praça agita centro de Arapiraca

“Não imagino mais uma segunda-feira pela manhã sem o forró na praça”. A afirmação foi feita na manhã desta segunda-feira (16), pelo aposentado José Ribeiro Lima (77), ao se referir a frequência do Projeto Cultura na Praça, coordenado pelo mestre Afrísío Acácio.

Poeta João de Lima

Segundo o aposentado, a sua ansiedade já começa na noite do domingo, ao lembrar do arrasta-pé. “Vou dormir logo depois do jantar, 20h00, para poder acordar no outro dia, bem disposto para dançar”, garantiu ele, acrescentando que o seu par (a mulher com quem dança todas às segundas-feiras), vem de Igaci e não quer fazer feio, arremata o aposentado.

 

Para o vendedor ambulante Manoel N. Alves (49), o forró na praça, servem além de diverti-lo vendo as pessoas dançando, também o ajuda a ganhar uns extras com à venda de água de coco e refrigerante.

Para o criador e idealizador do Projeto Cultura na Praça, que já se arrasta há quase seis anos, conta com a ajuda dos presentes que contribuem com alguma quantia para ajudar os músicos a se alimentarem ou mesmo com a passagem de volta as suas cidades de origens, uma vez, que muitos dos artistas que se apresentam na Praça Luiz Pereira Lima, são de outras cidades, disse Afrísio Acácio.

Hoje, por exemplo, nomes famosos em todo o Brasil como o poeta e repentista João de Lima, se apresentaram no projeto, declamando suas poesias ao som da viola.

Entre outras apresentações na manhã de hoje, o público pôde se divertir com a sanfona chorona do Bastião da Sanfona, entre outros convidados do Afrísio Acácio.

Redação

Be the first to comment

Comentários