Baú Valores da Nossa Terra: homenagem ao inesquecível e saudoso radialista Cláudio Gomes

Esta semana, o Projeto Valores de Nossa Terra presta uma homenagem a voz inesquecível do rádio, Claudio Gomes. Natural de Arapiraca, nasceu no dia 21 julho de 1969. Filho de Hermínio Gomes da Silva e Adelina de Oliveira Gomes, foi casado com  Anabete Maria da Silva Gomes e  pai de quatro filhos: Claudyana Raffaella Silva Gomes, Claudyne Chimene Silva Gomes, Cláudia Gigliola Silva Gomes e Hermínio Gomes da Silva Neto.

Cláudio, que fez da emissora Rádio Novo Nordeste AM sua “segunda casa”, deixou sua marca registrada ao longo de mais de 30 anos de vida dedicada à produção artística, por meio do rádio e diversos outros segmentos da cultura regional. Fazia o roteiro musical datilografado e havia uma programação para cada horário: pop e internacional, entre outros estilos musicais.  Cláudio Gomes apresentou, com bastante sucesso, diversos programas voltados à música regional, principalmente “No Terreiro da Fazenda”.

Cláudio Gomes foi um profissional experiente e de muito sucesso, que teve que se afastar das suas funções para cuidar da saúde. Passou alguns dias internado, mas não resistiu e faleceu no dia 28 de março de 2008 em Maceió (AL).

LEMBRANÇA

O Projeto Cultural Valores da Nossa Terra foi a Maceió para  homenagear Claudio Gomes, com a medalha do Projeto, 20 dias antes  de seu falecimento. Estiveram presentes à homenagem feita o radialista e idealizador do Projeto Valores de Nossa Terra,  Sergio Tenório,  o jornalista Roberto Baia e o concunhado de Claudio, Noberto Dias. “Agradeço a vocês meus amigos por terem  lembrado de mim e terem me homenageado não só com a medalha Valores de nossa Terra, mas pela visita, disse, emocionado.

40 ANOS NO AR

Foi no dia 20 de agosto de 1976 que a cidade de Arapiraca ganhou voz: foi inaugurada naquela data sua primeira emissora oficial, a Rádio Novo Nordeste AM, a pioneira, que mantêm até os dias atuais seu Conceito e Liderança. São 40 anos de história, uma saga que já foi contada em livro de autoria do médico Judá Fernandes de Lima e da assistente social Almira Gouveia Alves Fernandes. Esse casal, ao lado de um grupo de acionistas, deu voz e vida nova para a segunda maior cidade do Estado de Alagoas.

arapiracanews

RAFAELA TENÓRIO

 

Be the first to comment

Comentários