Pesquisadores europeus implantam cultivo monitorado de plantas medicinais na zona rural

Representantes da Rede de Pesquisa e Extensão da Comunidade Europeia estiveram em Arapiraca no último final de semana, onde visitaram o polo agroalimentar em Bananeiras, o Centro de Apoio as Escolas do Campo e a Escola Municipal Benjamim Felizberto, localizada na comunidade rural Gruta D’água.

A vinda do grupo a Arapiraca foi fruto de uma parceria entre a Fundação Europeia, Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) e Prefeitura de Arapiraca, através do Centro de Apoio as Escolas do Campo.

Na oportunidade, os pesquisadores oriundos de vários países como Eslováquia, Alemanha, Romênia, Espanha e Hungria realizaram o cultivo de, aproximadamente, 40 espécies de plantas medicinais e aromáticas nos locais visitados. Espécies estas nativas como também trazidas da continente europeu.

O grupo ainda ministrou oficinas sobre a importância daquelas espécies e suas funcionalidades, assim como as técnicas de irrigação e monitoramento.

De acordo com a gestora do Centro de Apoio as Escolas do Campo, Ednalva Pinheiro, os pesquisadores europeus implantaram sensores no solo, onde poderão monitorar o desenvolvimento das plantas à distância.

“Foi uma importante troca de experiências, onde tivemos a oportunidade de aprender muito e também trocar conhecimentos”, frisou.

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *