/Município de Ourinhos sedia lançamento do programa “Mais Leite, Mais Renda”

Município de Ourinhos sedia lançamento do programa “Mais Leite, Mais Renda”

O lançamento do “Plano Mais Leite, Mais Renda” em Ourinhos, no interior paulista, reuniu produtores rurais, representantes de indústrias e laticínios, técnicos das áreas de extensão rural, defesa agropecuária e pesquisa, além de autoridades da região. O evento contou com a participação do secretário de Estado de Agricultura e Abastecimento, Francisco Jardim.

O chefe da pasta enfatizou a importância da integração entre os diversos elos da cadeia para ampliar a produção paulista. “A iniciativa foi criada para que o produtor rural possa melhorar a qualidade dos itens, ter mais produtividade e aumentar a renda, de acordo com as orientações do governador Márcio França”, ressalta o secretário.

A proposta tem o objetivo de estimular as atividades do setor no Estado de São Paulo, o quarto maior produtor nacional. A liderança é de Minas Gerais. “A integração entre o Governo do Estado, municípios e instituições de ensino tem sido fundamental para atrair cada vez mais empreendedores”, acrescenta.

Valorização – O plano representa um reconhecimento importante ao produtor de leite, na avaliação do presidente do Sindicato Rural de Ourinhos, Eduardo Luiz Bicudo Ferraro. “O empresário trabalha diariamente, inclusive nos fins de semana e feriados, para garantir o alimento às famílias. Devemos sempre valorizar o trabalho do homem do campo”, destaca.

“Ao incentivar a produção leiteira, estaremos fortalecendo a agricultura familiar paulista”, analisa o dirigente da Assessoria Técnica da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, José Luiz Fontes. De acordo com o profissional, a participação efetiva dos produtores é o diferencial da ação, pois permite identificar com clareza os desafios e as oportunidades na elaboração de políticas públicas.

Já o tesoureiro da Associação dos Produtores de Leite de Fartura e Região (Aprefar), Eliézer Donizete Rodrigues do Amaral, demonstra satisfação com a iniciativa para viabilizar a atividade ao pequeno produtor. “O evento orienta e abre uma janela de oportunidades futuras”, afirma.

De acordo com o tesoureiro, que representou a entidade que possui 35 associados, é preciso melhorar o acesso à informação, além dos mecanismos de regulamentação e fiscalização para que o pequeno possa industrializar a produção.

Apresentações – O lançamento do “Plano Mais Leite, Mais Renda” também contou com palestra sobre o potencial de negócios regionais dos produtos lácteos via políticas públicas. Quem ministrou o conteúdo foram o diretor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Thiago Bueno Ferraz, e o gerente da Cooperativa de Apicultores e Agricultores Familiares de Araras e Região (Coaaf), Daniel Donizetti Ferreti.

O pesquisador Aníbal Eugênio Vercesi Filho, do Instituto de Zootecnia (IZ), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), explicou sobre o leite A2/A2, alternativa para a população que tem alergia a proteínas do item.

Além disso, o médico veterinário César Krüger, diretor do Centro de Inspeção de Produtos de Origem Animal da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), forneceu orientações sobre as atualizações e tendências do Serviço de Inspeção em Produtos de Origem Animal.