Prefeitura de São Bernardo lança projeto Escola Linda

A Prefeitura de São Bernardo lançou na manhã desta segunda-feira (25), no Teatro Inezita Barroso, no Jardim Irajá, o projeto Escola Linda. A iniciativa vai disponibilizar recursos para intervenções de manutenção e conservação de 200 unidades escolares, sendo 178 EMEBs e 22 creches parceiras. Serão investidos R$ 1,6 milhão – o que equivale a R$ 8 mil por escola – para a compra e contratação de serviços autorizados pela Associação de Pais e Mestres (APM). Os recursos – diretos da Administração – deverão ser utilizados até dezembro deste ano. O evento contou com a presença do prefeito Orlando Morando, da secretária da Educação, Suzana Dechechi, demais secretários, vereadores, profissionais da educação e pais e mães da APM.

“Desde que assumimos, no início do ano, recebemos inúmeros pedidos para manutenção e conservação das unidades escolares. O departamento responsável, na Secretaria da Educação, tem se desdobrado para atender as demandas. Entretanto, a quantidade de escolas que têm solicitado atendimento, nesse sentido, é muito grande e não conseguimos atender a todas. O Escola Linda foi uma alternativa desenvolvida por esta Administração para dar apoio a todas as escolas. Grande parte delas estava em situação crítica por não receber suporte adequado para a solução deste problema nos últimos anos”, ressaltou a secretária Suzana Dechechi.

Durante o encontro, o prefeito Orlando Morando lembrou que, ao assumir a Prefeitura, foi lançada uma licitação para manutenção e conservação de todas as unidades escolares, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos. O edital, porém, sofreu diversas impugnações. Por essa razão a Secretaria da Educação não possui um contrato para atender as escolas.

“Entendemos que essa quantia não irá resolver todos os problemas, mas estamos dando um importante passo para auxiliar as escolas da melhor forma. Estamos fazendo o possível para que esta questão seja resolvida até o próximo ano letivo. Especialmente neste momento em que é necessário manter nossa política de austeridade para atingirmos o equilíbrio das contas públicas”, afirmou o prefeito.

Agda Mara Barbosa Rodrigues, diretora do CEU Regina Rocco Casa I, agradeceu a gestão pelo recurso. “Toda verba extra é bem-vinda. Sei como está a situação de muitas escolas, mas tenho certeza de que esse montante irá contribuir com a aquisição de materiais e pequenos reparos”, disse. Tatiane Aparecida Nery, mãe da APM da mesma escola, ressaltou a importância da verba. “Tenho certeza de que esse valor será de boa valia para todas as escolas”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *