Mais dois trens são entregues para as linhas 7-Rubi e 11-Coral da CPTM

Mais dois trens foram entregues nesta terça-feira (26) para a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Como eles, já são 20 composições novas em operação: 16 na Linha 7-Rubi (Luz-Francisco Morato) e 4 no serviço Expresso Leste, na Linha 11-Coral (Luz- Guaianases).

“Estamos entregando hoje o vigésimo trem, novinho. Só no dia de hoje, dois novos trens para a CPTM: um para a Linha 7, que vai lá para Jundiaí, Francisco Morato; e outro aqui na linha 11, que vai aqui da Luz até Guaianases, até Mogi (das Cruzes)”, declarou o governador Geraldo Alckmin na cerimônia de entrega das composições, na Estação da Luz.

Ao lado do secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, e do presidente da CPTM, Paulo de Magalhães, Geraldo Alckmin ressaltou o ganho que a população com tecnologia das novas composições.

“É uma grande conquista, trens novos, com ar condicionado, câmeras de vídeo, segurança. Com isso a gente diminui a superlotação e atende melhor a nossa população, pela CPTM”, declarou o governador sobre a entrega, que mantém o objetivo de oferecer trens modernos e com ar condicionado, proporcionando mais conforto aos usuários.

As duas novas composições integram o lote de 65 unidades adquiridas pela CPTM, dos quais 35 foram encomendadas à empresa espanhola CAF, e 30 à sul-coreana Hyundai Rotem. A linha 7-Rubi ficará com o trem da Hyundai Rotem, a Expresso Leste ficará com o da CAF.

A Linha 7-Rubi vai da Luz a Jundiaí e é a maior da CPTM, com 60,5 quilômetros de extensão. Por ela passam cerca de 425 mil usuários por dia útil. Já a Linha110Coral, apesar de um pouco menos extensa (50,8 km), é mais movimentada em é usada por cerca de 700 mil passageiros por dia útil.

Características dos novos trens – Com salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros), os trens possuem monitoramento com câmeras na parte externa e interna e são acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência. Eles contam com sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, mapa dinâmico e áudio, além de espaço para cadeirantes. Também dispõem de monitores digitais internos com informações e interação das principais notícias sobre a prestação de serviços, além de reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria. (Agência SP Notícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *